Blog

Jardim da fonte nova Aveiro O jardim da Fonte Nova é a área recente e da cidade de Aveiro. Com bastante área verdes para relaxar, praticar desporto a até passear com os seus filhos e animal de estimação. Uma vista ampla sobre o lago da Fonte Nova, onde termina o canal da ria, passagem obrigatória dos passeios de moliceiro. Bem-vindo a Fonte Nova Na paisagem do Jardim da fonte nova podemos apreciar o longo canal da ria de Aveiro que termina num lago recheado de vida animal cativante, com vastos relvados e campos desportivos. Esplanada que convidam a sentar por momentos infindáveis, em conversa, leitura e até trabalhos. Os moliceiros agitados pela procura turística em crescimento sublinham a antiga assinatura aveirense. Mas desta vez num contexto de lazer. Estilo de vida Um local que promove o relaxamento depois de uma semana profissional. Esplanadas à beira-ria, parques relvados, campos desportivos e parque infantil, são umas das atrações que esta zona oferece. Perdição O lago formado pelo terminal de um dos braços da ria de Aveiro, as aves e os moliceiros. Apreciar a luz própria da cidade de Aveiro, o pôr-do-sol e o reflexo da sua luz nas águas da Ria de Aveiro, sentado num banco de jardim, num dos muros que ladeiam o canal ou numa esplanada acolhedora. Cafés, frutarias, padarias, restaurantes e um centro comercial. Todo o tipo de serviços essenciais marcam presença na Fonte Nova, o que torna muito agradável a deslocação a pé ou de bicicleta. As escadas mais faladas de Aveiro Mesmo ao lado do jardim do cais da fonte novo pode ver as escadas mais famosas de Aveiro. Projeto que contou com a participação de vinte voluntários de dez nacionalidades diferentes. Estas escadas esquecidas feitas de calçada portuguesa foram decoradas pela primeira vez na primavera de 2013 por um grupo de jovens, voluntários de uma ONG local. As escadas mais faladas de Aveiro estão mesmo ao lado do canal principal da Lagoa de Aveiro, a apenas cinco minutos a pé do centro da cidade e enviam uma mensagem com a qual todos concordam: Eu Adoro Aveiro.  
Parque Infante dom Pedro No parque da cidade de Aveiro poderá encontrar uma ribeira, lagos e fontes que formam o cenário ideal para passear e relaxar em Harmonia com a natureza. O mesmo foi construído no século XIX, as principais atrações deste parque são a avenida de tílias, o seu coreto em ferro e os românticos recantos junto de pontes e árvores centenárias. Aproveitar o máximo O parque é lindíssimo em todas as estações do ano, também é chamado Parque Infante D. Pedro esta localizado perto do antigo convento franciscano de Santo António. Apreciar o espaço O parque da cidade de Aveiro está repleto de árvores de várias partes do mundo. Tem um lago incrível. Está bem cuidado. Tem parque de merendas, tem parque infantil, tem alguns espaços para jogos de equipas. Local bastante agradável para caminhar, conversar, fazer merendas ou apena para relaxar. A não perder quando visitar Aveiro. Buga Bicicleta Gratuita em Aveiro Se tiver tempo ainda pode fazer um bom passeio pela cidade. Esta é a melhor opção para conhecer rapidamente pontos turísticos do centro de Aveiro. Basta deixar um documento de identificação na loja das Bugas, e pode utilizar a bicicleta por um período de tempo e com uma distância limite dentro da cidade.               Um serviço com ótima iniciativa para visitar a cidade de forma confortável e acessível. As bicicletas Bugas estão sempre em boas condições de utilização são novas e com estética bonita, cumprem bem o sua intenção, os travões e as três velocidades funcionaram corretamente. Permitiu-nos passear por Aveiro com tranquilidade e passar por quase todo o lado.
Salinas de Aveiro Visitar as salinas de Aveiro é um dos pontos de interesse da região que não pode faltar para quem quer conhecer um pouco mais de Aveiro. Realizar uma visita guiada às Salinas de Aveiro, onde é produzido o sal de Aveiro e ainda aproveitar de banhos salgados entre as salinas, dentro das zana de produção de sal. Além da experiência proporcional pela elevada concentração de sais, superior à água do mar, o mesmo é aproveitado para bens terapêuticos do sal marinho que ajudam na má circulação de sangue, tratamento e de hidratação da pele. Paisagens e Património Portanto, as paisagens e o património gerado ao longo da história são garantidos nesta terra quente e ventosa que combina as condições para produzir sal pelos métodos tradicionais. As salinas de Averio é uma marca registada que, juntamente com a pesca e o comércio marítimo, constituiu para base económica para o desenvolvimento da cidade. Experiencial local A vivência ideal para quem procura conhecer este importante recurso local e relaxar num ambiente calmo, onde é possível escutar o som das águas marinhas e observar os comportamentos da fauna aqui presente. Passeio guiado Pode fazer um passeio guiado pela zana da Marinha onde ficar a conhecer como se faz a produção de sal artesanal, avifauna e flora do espaço e os benefícios do sal para a saúde. Os banhos em água salgada realizam-se apenas entre Junho e Setembro. Finalizar em grande Para finalizar pode visita às praias mais bonitas da Aveiro centro, Praia da Costa Nova, Praia da Barra, Casas às Riscas na Costa Nova e o Farol da Barra, o mais alto farol de Portugal e um dos mais altos do mundo, com 62 metros de altura e 66 metros acima do nível médio das águas do mar. No final do passeio, ainda pode experimentar as deliciosas e famosa tripa doce de Aveiro
No litoral de Portugal Aveiro Aveiro é uma região no litoral de Portugal cuja a sua área estrutural fica, na zona centro do pais. Quer dar um mergulho mas ainda não decidiu onde? Aqui esta uma  lista com as melhores praias do distrito de Aveiro. As opções são tantas, que escolher o melhor sítio para estender a toalha e tomar uns banhos de sol torna-se uma tarefa difícil. Praia da Barra A Praia da Barra fica aproximadamente a 11 minutos do centro da cidade, antes de chegar a praia encontrará a ponte da barra, que liga Aveiro as duas preias. Com o seu farol majestoso, o mais alto de Portugal e um dos mais altos da Europa, a Praia Barra é uma das mais procuradas pelos visitantes. É aqui que desagua a ria de Aveiro.             Aqui pode assistir a entrada e saída dos barcos de pesca, acompanhado por gaivotas. A praia da Barra é um local ideal para a prática do surf, windsurf, vela e pesca de mar. Durante o Verão as festas e os bares dão um colorido diferente à noite, tornando-se esta numa das praias mais frequentadas da Aveiro. Praia da Costa Nova É uma com areia bastante fina e normalmente ventosa. As águas são bastante movimentadas, o que é habitual nas praias do norte do país. Proporciona condições para a prática do surf e do windsurf. Existe uma zona que se estende a sul do parque de campismo da Costa Nova (a sul da povoação), ao longo de mais de um quilómetro, pratica-se o naturismo. Na Praia da Costa Nova, contemplam-se as casas de cores fortes, pintadas em riscas, predominantemente verticais, que tornam a avenida principal bastante colorida. Também pode aproveitar e visitar o mercado do peixe da costa nova e saborear o peixe mais fresco da região.                         Aveiro para além das praias da Barra e Costa Nova, existe outra praia bastante atrativas como: Praia de São Jacinto (Aveiro) Praia da Vagueira (Vagos) Praia do Areão (Vagos) Praia da Torreira (Murtosa) Praia do Monte Branco (Murtosa) Praia da Barrinha - Esmoriz (Ovar) Praia da Cortegaça (Ovar) Praia do Furadouro (Ovar) Praia de Espinho (Espinho)
Ria de Aveiro A Ria de Aveiro, esta localizada no litoral de Portugal, ocupa uma área com mais ou menos 11.000 hectares, é considerada uma das formações geológicas mais importantes e de elevado valor ecologista no panorama nacional e internacional. Em tempos a ria de Aveiro foi fonte de principal sustento para os seus locais, e a fertilidade dos campos agrícolas também era muito elevado. Por estes motivos as pessoas inicialmente se fixaram nesta região junto a costa. Estarreja possui múltiplos canais ramificados da ria de Aveiro, eram utilizador antigamente como meio de transporte de mercadoria como o moliço algas fertilizantes que era transportado em grande quantidade pelos moliceiros, sal das salinas de Aveiro e também algumas quantidades de arroz, milho, etc. Alma da Região A ria de Aveiro necessita de dragagem para que se mantenha tal como está, com abertura da praia da barra, se assim não for seria muito complicado. Estarreja foi aliada a ria de Aveiro, através da intervenção humana, foi criada habitares ótimos para as espécies animais sobre tudo a flora e fauna. Responsabilidade Ambiental A camara municipal de Estarreja assumiu a responsabilidade ambiental. Hoje em dia existe uma grande preocupação ambiental, no fundo o projeto Bio Ria veio revitalizar as raízes da população de Estarreja. Reconhecido por muitos visitantes que chegam de toda parte do nosso pais Portugal, a qualquer altura do ano para visitar e conhecer a Ria de Aveiro. Projeto Bio Ria O projeto e os percursos de passeios na bio ria, foi criado em 2005, também criado o percurso de Salreu, foi um dos quinze finalistas a nível europeu num concurso de sustentabilidade ambiental e turismo. Tem um centro de educação ambiental, onde as pessoas aos fim-de-semanas podem requisitar bicicletas, binoculo, guias de observação de aves, etc. Em sintonia com a natureza O homem em perfeita sintonia com a natureza. Moldou este ecossistema com a criação de salinas, drenagem de sapais, abertura de esteiros e dragagem de canais de reduzidas dimensões permitindo a navegação. Tendo contribuindo desta forma para o aumento da riqueza e biodiversidade associada aos habitats.             A beleza de inconfundível A beleza paisagística inconfundível desta valiosa zona húmida, é reconhecida pelos diversos estatutos de natureza. Onde se destaca a classificação de zona de proteção especial e vários sítios de Importância Comunitária. Mostra-nos a necessidade de valorizar, conservar e promover de forma sustentável o vasto património natural existente nesta região.
Passadiço de Aveiro Se visitar Aveiro e não ir até ao passadiço de esgueira, então vai perder uma oportunidade de ver a belíssima Ria que oferecem uma vistas privilegiadas da fauna e flora desta área. Com cerca de sete quilómetros, esta via pedonal e ciclável de frente para a ria de Aveiro, ligando o centro da cidade mais concretamente o canal de São Roque a localidades mais rurais. Apreciar a Natureza Aveiro tem Passadiço ao lado da Ria. Aqui, o desafio passa por caminhar, correr ou até pedalar, siga as coordenadas e aproveite para usufruir da natureza. Com tudo sem receio de percorrer a totalidade do percurso, uma vez que irá encontrar vários pontos de Descanso. Com uns bancos de madeira muito especiais em cada um deles, são desvendadas curiosidades regionais, mais concretamente dizeres populares.             Por onde começar O inicio do passeio no Cais da Ribeira de Esgueira dispõe de área de estacionamento. Por isso a partir de Aveiro, ou de Esgueira, caso opte por cortar caminho, a via segue em direcção a Mataduços, Póvoa do Paço e Vilarinho, tudo localidades do município aveirense, por entre zonas de água, sapais e entrando igualmente em áreas de arvoredo. . A pé ou de bicicleta Aveiro tem Passadiço ao lado da Ria, independentemente da opção, não se assuste com a distância pois o percurso é plano e existem várias áreas de descanso onde pode esticar as pernas enquanto desfruta da maravilhosa paisagem da Ria de Aveiro.           Visitar o Passadiço As melhores alturas para fazer este percurso são de manhã cedo, ou ao final da tarde. São estas as horas escolhidas por turistas, visitantes, ciclistas e curiosos. Ao todo, são cerca de duas horas a caminhar, um pouco menos de bicicleta. Cada altura do dia confere uma perspectiva distinta sobre a Ria, e entorno de manhã observe os muitos pássaros que despertam, durante a tarde terá o Sol a brindá-lo, e ao final da tarde. Com o pôr-do-sol, aproveite as cores que refletem na Ria.
No litoral de Portugal Aveiro é uma cidade que fica no litoral de Portugal, fundada junto a uma laguna conhecida como Ria de Aveiro. O Município de Aveiro conta com cerca de 78 450 habitantes. Aveiro prosperou muito no século XV (15) devido ao sal, por isso as salinas e a pesca do bacalhau foram os pontos fortes. Porém, no Inverno de 1575, fortes tempestades destruíram o profundo canal de comunicação entre a ria e o mar, por onde transitavam os grandes navios que aportavam em Aveiro, destruindo o comércio marítimo, a pesca e a actividade salineira. Pois só no século XIX (19) Aveiro voltou a crescer e hoje tem universidade, varias indústrias e claro turismo. Cidade Veneza portuguesa O motivo para esse apelido de cidade Veneza de Portugal, é porque é atravessada por um canal chamado ria de Aveiro. Por outro lado é tida como um dos destinos mais encantadores do país. Em Aveiro Portugal a cidade Veneza, tem barcos chamados moliceiros, passeiam nos canais levando principalmente turistas, a função destes barcos seria para trabalho e apanhar moliço um tipo de alga usado para fertilizante.               Em Aveiro a cidade Veneza todos os passeios de moliceiro são iguais. Por aqui são várias empresas ao longo do canal. Todas cobram o mesmo valor de 10 euros durão o mesmo tempo cerca 45 minutos. Doce típico da cidade Ovos-moles é um doce tradicional de Aveiro, feito com creme de ovo e hóstia do tipo da igreja. Bicicletas Bugas Conhecer a cidade passear pelo canal, Aveiro tem um sistema gratuito de bicicletas de empréstimo chamado buga, pode utilizar o dia inteiro dentro do horário de funcionamento, as lojas estão identificadas é basta deixar um documento de identificação.   O que ver em Aveiro Praça da república outro ponto forte para se conhecer em Aveiro, tem uma estátua de José Estevão. Logo depois escola, teatro, câmara municipal de Aveiro, igreja da misericórdia que foi construída no século XVI (16) tem a fachada toda bonita feita de azulejos. Vem conhecer as praias do distrito Aveiro tem duas, praias da barra onde existem um farol, o mais alto farol português com 62 metros de altura. Juntamente a praia da costa nova onde tem um detalhe especial as casas pintadas as riscas na avenida principal. Com tudo as praias ficam a uma distância de 10 a 12 km não é longe da cidade longe. Não existe melhor maneira de se conhecer a cidade de Aveiro que não ser a pé